top of page

Blog

  • Cleber Furlan Consultório Médico

Exercícios físicos: veja os cuidados para começar em 2024

Final do ano é o momento em que muitas pessoas fazem promessas para o Ano Novo, como começar a praticar um exercício físico. Mas para conseguir realizar esse desejo é necessário adotar alguns cuidados com a saúde, viu?



Mulheres se exercitando na academia.


O médico ortopedista Cleber Furlan, membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), explica que antes de iniciar qualquer exercício, é importante buscar a ajuda de um profissional para analisar a sua condição física.


De acordo com ele, é preciso considerar fatores como condições musculares, ósseas, respiratórias e cardíacas. Tudo isso é importante para prevenir problemas e garantir a segurança do paciente durante a prática de atividade física.


“Do ponto de vista ortopédico, a gente avalia se o paciente já tem alguma lesão, se tem algum fator de trabalho ou sedentarismo que levou a uma lesão na coluna, a uma tendinite, e então direciona à atividade física”, explica ele.


Prevenção de lesões


Para evitar lesões, o especialista recomenda a prática de exercícios físicos de baixo impacto, como os realizados dentro d’água. Segundo ele, a caminhada também pode ser indicada, mas apenas depois de uma avaliação cardiológica.


Já aqueles que planejam iniciar na academia, devem ficar atentos aos excessos nos exercícios de musculação. O médico explica que sem o devido monitoramento podem resultar em problemas decorrentes de movimentos errados ou impróprios para o corpo. 

Nessas situações, é muito comum ocorrer a sobrecarga de uma região óssea que, por um excesso de peso ou por pisar errado, acaba pressionando e aumentando o estresse nessas articulações, levando à fadiga e consequente fratura.


“Ninguém pode, do dia para a noite, correr uma maratona. Às vezes, é uma maratona para o corpo, que está há muito tempo sem se exercitar, até mesmo uma atividade pequena, de baixo impacto”, alerta o especialista.


Portanto, o ideal é sempre contar com a orientação de um educador físico aliado a um acompanhamento médico. Isso é fundamental para possibilitar um exercício mais adequado, de acordo com as suas limitações e necessidades.


 

Texto publicado originalmente no Portal Alto Astral.

5 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page